Artigos

Giárdia Canina: o que é, como evitar e como tratar

giardia_canina_tratamento_prevenção_drogavet

Tutor, você sabe o que é a giárdia canina? A doença traz desconforto e problemas intestinais ao seu pet, e se não for tratada, pode trazer resultados ainda mais negativos. A maior incidência de casos é no verão, uma vez que o clima é propício para a proliferação da bactéria e, com as viagens para o litoral e interior, os cães ficam expostos a situações favoráveis à contaminação.


(+) Veja mais: Como aliviar o calor do seu pet no verão? Clique e descubra!


 

A doença possui tratamento e cura, e na maioria dos casos não traz problemas maiores ao seu cachorro. Porém, é necessário ter cuidado para evitar sofrimento desnecessário ao seu cãozinho e também estar atento ao contagio, uma vez que outros cachorros – e até mesmo humanos – podem pegar a doença.

 

Mas afinal, o que é a giárdia canina?

 

A giárdia canina – giardíase – é uma doença que afeta o trato intestinal e traz muito incômodo ao seu cão, uma vez que causa dores de estômago e muita diarreia e vômito – podendo até mesmo sair sangue – o que, por consequência, desenvolve quadros de desidratação e relacionados.

 

A doença, classificada como zoonose, é causada pelo protozoário Giardia lamblia, uma vez que o cão entra em contato com o mesmo. Isso acontece quando o animal é exposto a áreas com pouca higienização ou então às fezes e vômitos de outros organismos infectados. Ainda, a ingestão de água e alimentos contaminados também são meios de contrair a giardíase.

 

A doença é diagnosticada por meio do exame de fezes, no qual é analisado se há a presença ou não do protozoário. Sendo assim, reiteramos a necessidade de procurar um médico veterinário para um diagnóstico mais assertivo.

 

Como evitar?

 

A prevenção da giardíase é baseada na higienização dos locais e no cuidado com o que o pet ingere. Logicamente, nos centros urbanos, é mais fácil ficar longe dessa doença. Porém, com as viagens ao litoral e ao interior, é mais complicado. De qualquer modo, veja as precauções:

 

  • Ao passear, não deixe o pet ingerir nada e nem se aproximar de fezes;
  • Certifique-se de que a água está filtrada ou fervida;
  • Cuidado com o contato com outros cães de rua;
  • Higienização do local no qual o pet se encontra;
  • Lave suas mãos e não entre em casa com sapatos sujos;
  • Dose de vermífugo sempre em dia.

 

E, logicamente, a vacinação é imprescindível e muito indicada. A dose é dividida em duas doses entre quinze dias para animais que recebem pela primeira vez a vacina, e em dose única anual para os já vacinados. Porém, é importante ter em mente que a vacina não evita 100% a contaminação, embora reduza as chances drasticamente.


(+) Veja mais: Você sabe quais são as doenças PET do verão? Clique, conheça e saiba como prevenir


 

Tratamento da giárdia canina

 

O tratamento é realizado com base em antibióticos e medicamentos, e possui altas chances de sucesso em poucos dias. Entretanto, os medicamentos devem ser específicos para esse protozoário, e é aí que o médico veterinário deve ser consultado. O processo de vermifugação também serve como tratamento, embora exija mais cuidado, uma vez que elimina também agentes protetores do intestino do animal.

 

A DrogaVET possui todos os medicamentos mais eficazes contra a giárdia canina, e você pode nos pedir a manipulação na forma farmacêutica e sabor que seu pet mais gosta, fazendo com que o tratamento seja mais fácil. Peça para o seu médico veterinário receitar a manipulação na DrogaVET!

Veja outros artigos nas mesmas categorias:

One thought on “Giárdia Canina: o que é, como evitar e como tratar

Leave a Reply