Artigos

Problemas na coluna de gatos: como evitar e tratar? Entenda!

problemas-coluna-gatos-felinos-osseo-articular-droga-vet-1346x757

Tutor, falaremos hoje de um assunto extremamente importante, que pode trazer fortes dores ao seu gato e, inclusive, levá-lo a paralisia total ou parcial de seus movimentos: os problemas na coluna de gatos. Tais enfermidades são conhecidas como discopatias, e são mais presentes nos felinos devido a natureza ativa e furtiva, com movimentos bruscos, pulos e quedas.

Os problemas na coluna de gatos começam a incidir com maior intensidade e frequência quando os felinos chegam a idades mais avançadas. Os gatos idosos, embora diminuam a frequência de atividade física, podem apresentar quadros de problemas agudos e, em muitos casos, problemas crônicos e degenerativos.


(+) Veja mais: Doenças Articulares em PET’s: entenda sobre o assunto


Existem tipos de problemas na coluna: na região cervical, mais acima próximo ao pescoço, e os toracolombar, na região mais abaixo, próxima às patas traseiras do animal. Ambas possuem suas especificidades e merecem grande atenção.

 

Quais as causas?

Os problemas de coluna do seu felino podem ser ocasionados por diferentes causas. É interessante entender quais são elas para que a identificação dos primeiros sinais clínicos aconteça com a devida rapidez, assim como para auxiliar o diagnóstico do médico veterinário. As dores podem ser ocasionadas por:

  • Lesões agudas ou crônicas na medula espinhal – problemas que incidem diretamente na medula espinhal
  • Traumatismos nas vértebras – devido a quedas ou acidentes
  • Eventos vasculares – embolismo fibrocartilaginoso

Ou seja, é interessante saber identificar de prontidão as situações e acontecimentos com seu felino para providenciar informações valiosas e mais assertivas ao veterinário. Essa atitude garante um diagnóstico mais rápido, e por consequência, acelera a recuperação do animal. Afinal, se você tem conhecimento que recentemente o seu gato pulou de uma altura muito alta e começou a apresentar dificuldades de locomoção, aconselhamos você a considerar a hipótese de problemas na coluna e já encaminha-lo a um veterinário para o devido diagnóstico.

 

Sintomas de problemas na coluna de gatos

Ao sofrer com qualquer problema na coluna, o seu gato começará a mostrar alguns sinais clínicos bastante evidentes. Por se tratar de um desconforto potencialmente grave, é importante estar atento aos seguintes sintomas:

  • Coluna arqueada/curvada;
  • Andar rígido;
  • Diminuição do apetite;
  • Animal começar a mancar;
  • Diminuição da atividade física;
  • Vocalização – podem apresentar miados fora do comum em resposta a dor
  • Não sobem ou descem em locais que antes costumavam;
  • Em casos mais graves, não permitem que sejam tocadas e/ou apresentam quadro de agressividade.

É comum que muitos tutores, ao enxergarem alguns desses sintomas, atribuam a problemas corriqueiros e que o tempo é o melhor remédio. Porém, esse pensamento pode ser o suficiente para que o quadro se agrave de maneira considerável.


(+) Veja mais: Calicivirose em gatos: o que é, como prevenir e tratar?


Os sintomas podem variar aonde incidem diretamente, podendo acometer as regiões cervical e toracolombar. Acima, você conheceu os sinais clínicos que podem ser associadas a ambos os tipos. O veterinário, por meio de exames clínicos neurológicos, radiografias e a entrevista com o tutor, dará o diagnóstico específico.

 

Prevenção

Embora sejam adversidades que se desenvolvem de acidentes e/ou naturalmente pela idade, é possível fazer com que os problemas na coluna de gatos tenham menores chances de desenvolvimento. Enquanto filhotes, você pode atuar para que ele não suba em alturas elevadas – o que pode ocasionar em uma posterior queda – e evitando adquirir móveis altos.

Nós também somos tutores de gatos, e sabemos o quanto é difícil controla-los nesse sentido. São independentes e necessitam de movimento. Porém, o quanto mais você, tutor, puder fazer para evitar, melhor no futuro quando o animal apresentar uma idade mais elevada.

Como falamos, você pode optar por móveis baixos, pisos de carpete e até mesmo o adestramento – área para os felinos que vem crescendo bastante ultimamente – para que ele se torne mais obediente e externe a sua energia de maneira menos prejudicial.

 

DrogaVET_Problemas_Coluna_Gato
Os problemas na coluna devem ser diagnosticados e tratados por um médico veterinário especializado.

 

Tratamento para problemas na coluna de gatos

Logicamente, por se tratar de um âmbito de possibilidades muito grandes – desde pequenos problemas até a doenças degenerativas que paralisam o animal – o tratamento difere de caso para caso, e o acompanhamento de um médico veterinário é mais do que fundamental.

Existe o tratamento medicamentoso, muitas vezes utilizadas em doenças agudas para minimizar a dor do animal. Para as doenças crônicas, os medicamentos possuem o intuito principal de preservar o quadro saudável do animal e evitar crises/agravamento do problema.


(+) Veja mais: Doenças de outono: como proteger os PET’s?


Em alguns casos, a cirurgia se faz necessária principalmente quando o motivo da lesão é por um acidente, como uma queda ou quando o felino foi atingido por um forte baque. A recuperação da cirurgia varia para cada uma das raças de gatos e para a gravidade do procedimento.

Atualmente, alguns procedimentos utilizados nos humanos estão sendo adaptados ao bichanos também, com a fisioterapia, alongamentos e até mesmo a acupuntura. Essas técnicas estão crescendo no meio animal e trazem ótimos resultados, sendo boas alternativas para auxiliarem o tratamento medicamentoso.


(+) FAÇA SEU ORÇAMENTO – RÁPIDO E FÁCIL! Clique aqui


Acesse o canal DrogaVET no Youtube!

VEJA MAIS E SE INSCREVA NO CANAL: DrogaVET – Saúde Animal

Veja outros artigos nas mesmas categorias:

One thought on “Problemas na coluna de gatos: como evitar e tratar? Entenda!

Leave a Reply