Mundo Animal

Meu gatinho não quer comer, e agora?

alimentação-gatos

Donos de um paladar exigente, é comum que os felinos deixem seus tutores preocupados pela falta de apetite. Um gato pode deixar de comer por diversas razões e é fundamental estar sempre atento para que a alimentação inadequada não traga complicações mais graves para o bichano. 

De acordo com a médica veterinária Alessandra Farias, quando um gato fica longos períodos sem comer, ele precisa ser examinado com urgência. “Nesses casos, é muito comum que os gatos desenvolvam um problema chamado lipidose hepática felina, causada pelo acúmulo de gordura no fígado”, afirma. A veterinária da DrogaVET explica que é fundamental diagnosticar imediatamente o motivo da falta de apetite e iniciar um tratamento, estimulando o apetite do animal e seguindo uma dieta adequada.

Como evitar que os gatinhos fiquem sem comer por muito tempo? 

Uma ração de qualidade é o primeiro passo para estimular o apetite dos bichanos. Quanto mais palatável for o alimento, menores são as chances do gatinho ficar sem comer. Você também pode tentar integralizar a ração úmida, alternativa que também ajuda na hidratação dos felinos.


(+) Veja mais: Doenças hormonais em gatos: entenda sobre


Fique atento ao tamanho, limpeza e local do comedouro. Os gatos não gostam de encostar os bigodes nos potinhos, portanto, comedouros maiores ou com bordas rasas podem ser mais atrativos. Além disso, lembre-se que os gatos são animais extremamente limpinhos e que adoram a rotina. Por isso, estabeleça um local fixo para a alimentação, preferencialmente longe da caixa de areia! 

Comida sempre fresca é muito melhor! Normalmente, os bichanos criam uma rotina com horários próprios de alimentação. Respeitar esses horários é uma boa estratégia para garantir que eles estejam sempre alimentados. Mas atenção: o ideal é oferecer pequenas porções, três ou mais vezes por dia e não deixar a ração sempre no comedouro, porque isso pode fazer com que ela perca a palatabilidade e oxide. 

Na dúvida, não deixe de levar ao veterinário. A alimentação é a base para manter a saúde e o bem-estar dos felinos em dia. Ao notar qualquer diferença nos hábitos alimentares, consulte um médico veterinário de confiança. 

 


(+) Faça seu orçamento – rápido e fácil! Clique aqui


Veja outros artigos nas mesmas categorias:

Deixe uma resposta