Mundo Animal

Gastroenterite em cães

Gastroenterite em cães

Como tutor de um cachorro, estou sempre alerta para qualquer sinal de desconforto ou doença. Hoje, quero compartilhar o que aprendi sobre a gastroenterite em cães, uma condição que pode ser séria se não tratada corretamente.

A inflamação dos órgãos responsáveis pelo sistema gastrointestinal dos peludos é chamada de gastroenterite em cães. Por estarem próximos e realizarem funções parecidas, é comum que a inflamação acomete vários órgãos de uma vez, a saber entre esses órgãos estão: estômago, intestino, vesícula entre outros. Especialmente quando ocorre em conjunto, é difícil saber quais órgãos estão inflamados e apontar uma causa específica. 

Sabemos que se não tratado, esse quadro evolui cada vez mais e gera não apenas desconforto ao doguinho, mas pode trazer consequências sérias. Para complicar, é difícil rastrear as causas deste quadro inflamatório já que inúmeros fatores podem originar a inflamação. Ao notar qualquer sinal desta enfermidade, o tutor deve procurar de imediato um médico veterinário para tratar o seu cãozinho. 

O que é a gastroenterite?

Gastroenterite em cães trata-se de um processo inflamatório que age no sistema gastrointestinal dos doguinhos. Este processo pode acometer apenas um órgão desse sistema ou vários ao mesmo tempo, naturalmente conforme aumenta o número de órgãos afetados, mais séria é a condição. 

Inúmeros fatores podem levar um cãozinho a apresentar esta inflamação, uma infecção, dieta inadequada, doenças autoimunes, uso inadequado de medicamentos, reações adversas a certos tratamentos ou mesmo uma inflamação sem motivo aparente. Esta complexidade que aparece dentro do quadro inflamatório mostra o quão difícil pode ser tratar e lidar com ele.

O que é a gastroenterite?
Fonte/Reprodução: original.

Como se não fosse complexa o suficiente, a inflamação pode ocorrer por si mesma ou ser desencadeada por outros fatores e até mesmo enfermidades. O que significa que a condição pode ser mais ou menos grave de acordo com outros fatores que podem impactar a saúde do cãozinho. Por isso, o acompanhamento de um veterinário em qualquer situação é absolutamente indispensável. 

A gastroenterite tem tratamento e controle, e caso nenhuma medida seja tomada a inflamação se agrava, se alastra e leva a condições piores como a pancreatite. É possível até mesmo perder funções de determinados órgãos devido à ação da doença, então é muito sério que tutores estejam sempre atentos aos seus sinais. 

Sintomas da gastroenterite

Existem sinais e sintomas clássicos da gastroenterite em cães, que quando observados oferecem o senso de urgência que todo tutor precisa para levar o dog até um veterinário. Esses próprios sinais e sintomas da gastroenterite podem significar um problema e agravante para a saúde do cão, então cuidado. 

Separamos abaixo os principais, aqueles que chamam mais atenção por conta da sua especificidade e, até mesmo, recorrência em quadros deste tipo. Conheça e aprenda todos eles para verificar se o seu amigo peludo apresenta algum dos sinais, assim você estará pronto para levá-lo até um médico veterinário. 

Vômitos e náuseas

Um dos principais sinais da gastroenterite em cães são os vômitos e náuseas, afinal estão diretamente ligados ao sistema digestivo. Os vômitos ocorrem porque o estômago dos cãezinhos está fragilizado e não consegue reter o alimento, o mesmo para as náuseas que se caracterizam pela baba em excesso e sua deglutição. 

Alteração nas fezes

A diarreia é muito comum em cãezinhos que apresentam a condição, especialmente quando o intestino é afetado e se inflama. É possível que ocorram outras alterações, como um cheiro forte e odor atípico. Uma alteração ainda mais grave e perceptível é o sangue nas fezes, que sugere forte infecção. 

Falta de apetite e apatia

Indisposição é um sinal comum para a gastroenterite, especialmente porque é acompanhada de falta de apetite, o que resulta em perda de peso e ainda mais desânimo e apatia. É comum que o doguinho também se sinta fraco e indisposto por conta da desidratação causada pela diarreia.

Febre

Por conta de toda a inflamação é comum que o cãozinho apresente febre, o que aumenta ainda mais a sua indisposição e sintomas como falta de apetite e emagrecimento. A febre é um sinal de inflamação e é um sinal bastante inequívoco de que de fato há algo errado com o peludo que merece a ida ao veterinário. 

Dor e inquietação

Infelizmente a gastroenterite em cães causa muita dor na região abdominal, o que pode deixar o peludo inquieto ou até mesmo violento quando é tocado na região que dói. Por se tratar de uma enfermidade que pode atingir vários órgãos, essa dor pode se alastrar por grande parte do ventre. 

Para tratar de todos esses sintomas e o quadro de gastroenterite de forma geral somente com ótimos medicamentos e um tratamento de ponta. E, com a DrogaVET, você tem tudo o que precisa para manter a saúde do seu cãozinho em dia! 

Os manipulados DrogaVET adaptam o tratamento no odor, formato e até mesmo sabor que seu cãozinho gosta. Esta personalização permite que o peludo consuma todo tratamento sem qualquer problema, o que facilita a sua recuperação e poupa muita dor de cabeça ao tutor! Veja mais sobre a DrogaVET e qual a unidade próxima de você

Tipos da gastroenterite

Tradicionalmente a gastroenterite em cães é separada em duas categorias: aguda e crônica. É preciso entender bem qual a dinâmica dessas duas inflamações e como podem funcionar. Por incrível que pareça a gastroenterite do tipo aguda é geralmente menos problemática. 

Ela aparece de repente, no entanto, geralmente desaparece sozinha também, pois trata-se de um processo de inflamação isolado que por mais que acomete vários órgãos, logo passa. É claro que este processo ainda causa desconforto e traz perigo ao doguinho e a procura pelo médico veterinário é indispensável.

Já a gastroenterite crônica prevalece e pode preocupar o tutor durante dias, semanas ou até anos. Esta é uma inflamação difícil de lidar ou controlar que necessita de tratamento e acompanhamento bem próximo. Se não tratada, esta inflamação tende a piorar com o tempo e se agravar exponencialmente. 

Causas da doença

Existem diversas causas por trás de uma gastroenterite e vale lembrar que é possível que a própria inflamação seja oriunda de outra doença. Logo, os eventos e cadeias que levaram um peludo a desenvolver a doença pode ser realmente extensa e dá trabalho identificar a verdadeira causa. 

No entanto, com os exames corretos e um profissional experiente é possível identificar a causa, o que geralmente é decisivo para a recuperação do doguinho. Entre as principais causas, podemos elencar: 

  • Má alimentação;
  • Consumo de alimentos estragados ou contaminados;
  • Consumo de lixo;
  • Consumo de algumas plantas;
  • Obstrução no intestino;
  • Predisposição ou doença genética;
  • Alergia a certos alimentos;
  • Parasitas e vermes;
  • Vírus;
  • Bactérias;
  • Infecção por protozoário;
  • Tumores no intestino;
  • Úlceras no estômago. 

Essas são as principais causas do aparecimento da gastroenterite nos peludos. Quando o cãozinho chega com um desses quadros em um consultório, o papel do médico veterinário é, entre outros, identificar a sua causa. Quando a causa é atacada pelo tratamento veterinário, as chances de salvar o cãozinho e aliviar a sua situação são muito maiores. 

Como o diagnóstico pode ser realizado?

Dentre os primeiros exames que um médico veterinário realiza no doguinho para verificar a presença da gastroenterite está o visual. Nele o profissional identifica o corpo do cãozinho, leva em conta seu histórico e os relatos do tutor. Assim é possível ter uma boa ideia do que o peludo pode ter sofrido.

Como o diagnóstico pode ser realizado?
Fonte/Reprodução: original.

Mas para se ter mais certeza da inflamação e de possíveis complicações, o médico realiza exames mais detalhados e profundos, como o exame de sangue e urina. Também é possível realizar exames para detectar a carga viral e presença de microorganismos no corpo do cãozinho.

Tratamento para a gastroenterite

Boa parte do tratamento disponível para a gastroenterite em cães depende das suas causas. Por exemplo, quando a doença é causada por vírus e bactérias são aplicados antibióticos e antivirais. Assim o agente causador da infecção é morto e o cãozinho pode se recuperar sem problemas. 

A depender do estado do peludo quando chegar ao médico, também pode ser aconselhado um repouso diferenciado para o peludo. Também é fundamental manter o cãozinho hidratado, especialmente se o mesmo tiver tido crises de diarreia. O soro intravenoso é ótimo para estas situações 

Remédio para a doença

Os principais medicamentos administrados em cães que apresentam inflamação são antibióticos e antivirais. Mas há outros remédios que são essenciais, como inibidores de vômito que impedem que o peludo com inflamação continue vomitando, protetores estomacais também são importantes. 

E vale lembrar que você pode manipular qualquer um desses tratamentos com a DrogaVET! A empresa especialista em manipulação veterinária pode criar tratamentos customizados para seu cãozinho com facilidade, e oferecer um remédio ideal feito no formato, odor e sabor escolhido por você. Tudo isso com muito amor e responsabilidade pela vida do seu cãozinho! 

Tem cura para a gastroenterite?

Felizmente a gastroenterite tem cura! Caso seja causada por uma doença autoimune, ao menos há controle e com isso seu cãozinho não tem grandes crises e nem corre riscos. De todo modo, é uma condição que com o tratamento correto pode ser revertida e os riscos são diminuídos. 

Mas para isso o tutor tem uma importância vital, pois ele deve identificar os sinais e enviar com urgência seu amigo peludo para um veterinário. A partir daí o profissional irá aplicar o tratamento correto e com os manipulados da DrogaVET o cãozinho terá exatamente o que precisa para se recuperar e seguir bem a sua vida. 

Como prevenir?

A gastroenterite pode ser prevenida e o ideal é que o tutor tome todos os cuidados possíveis para que seu peludo não tenha inflamações no sistema digestivo. Com algumas adaptações no ambiente onde o cãozinho vive é possível promover mais qualidade de vida e evitar que infecções. 

Manter o local limpo, objetos impróprios para consumo em uma altura que o cãozinho não pode alcançar, evitar mudanças bruscas na alimentação e sobretudo manter as vacinas em dia e visitas constantes ao veterinário estão entre as melhores práticas! Assim seu cãozinho com certeza estará mais protegido de qualquer infecção e inflamação que possa ocorrer.

Raças suscetíveis

Todo cãozinho está suscetível a gastroenterite, pois esta inflamação não tem raízes congênitas – ao menos não somente elas -, mas pode advir de infecções e inflamações diversas. Portanto, é possível que qualquer peludo contraia uma dessas infecções e acabe com a condição. 

A única diferença notada por profissionais veterinários é que a inflamação parece estar muito mais presente em cães de porte pequeno como chihuahuas ou pinschers. Se você é tutor de um pequeno peludo, fique ainda mais atento, redobre seu olhar aos sinais que mencionamos. 

Aspectos veterinários e cuidados

Embora seja uma condição muito séria, a gastroenterite em cães pode ser tratada de maneira eficiente com um tratamento até mesmo simples. Basta que os manipulados sejam bem aplicados e que o doguinho receba os cuidados necessários, repouse bem, tome muita água e se alimente de maneira adequada. 

Em crises onde a gastroenterite chega a níveis críticos pode ser necessário internar o peludo. Neste caso, o médico veterinário cuida especialmente para que ele não se desidrate por meio da aplicação de soros e combate a inflamação com anti-inflamatórios e antibióticos. 

Mas de modo geral, se identificada de maneira precoce e tratada desde cedo, a gastroenterite pode ser curada! E com o tratamento personalizado pela DrogaVET seu peludo terá tudo o que precisa para vencer esta luta e ter mais qualidade de vida. 

Cuidar de um cão inclui estar preparado para enfrentar diversos desafios de saúde, como a gastroenterite. Esta inflamação gastrointestinal pode ser grave, mas com diagnóstico precoce e tratamento adequado, é possível gerenciar a condição e garantir o bem-estar do meu pet.

Lista de Perguntas e Respostas

O que é gastroenterite em cães? É uma inflamação do estômago e intestinos que pode ser causada por vírus, bactérias, ou toxinas.

Quais são os sintomas da gastroenterite? Incluem vômito, diarreia, perda de apetite, febre e letargia.

Como é feito o diagnóstico da gastroenterite? Através de exames físicos, de sangue e, em alguns casos, exames de imagem.

Qual o tratamento para gastroenterite canina? Depende da causa, mas geralmente inclui reidratação, dieta especial e, se necessário, medicamentos.

A gastroenterite canina pode ser prevenida? Sim, mantendo um ambiente limpo, uma dieta equilibrada e cuidado com a ingestão de substâncias estranhas.

Todas as raças de cães são suscetíveis à gastroenterite? Sim, mas cães de porte pequeno podem ser mais propensos a certos tipos de gastroenterite.

Veja outros artigos nas mesmas categorias:

Deixe um comentário