Mundo Animal

Prevenção e tratamento para distúrbios gastrointestinais em cães e gatos

Prevenção e tratamento para distúrbios gastrointestinais em cães e gatos

Como tutor de cães e gatos, sei que problemas gastrointestinais são comuns e podem ser preocupantes. Aqui, exploro as causas, os sintomas e como tratar essas condições para manter a saúde dos meus pets.

Certamente, todo tutor já teve que lidar com distúrbios gastrintestinais de cães e gatos ao longo da sua vida. Seja por uma condição congênita que faz parte da sua genética ou por comer alguma coisinha que não deveria, os bichanos podem sofrer bastante com essas condições, especialmente quando não são tratadas corretamente ou percebidas de imediato. 

Diante desta situação, a prevenção é a melhor amiga da saúde dos animaizinhos e, também, o tratamento adequado quando a condição é identificada corretamente. Com esses dois elementos, a saúde dos doguinhos e bichanos estarão em dia e, com certeza, seus distúrbios gastrointestinais serão combatidos pela saúde do pet.  

O que causa os distúrbios gastrointestinais em cães e gatos?

Os distúrbios gastrointestinais em cães e gatos podem acontecer em qualquer idade – até mesmo na fase de amamentação. Por isso, o cuidado deve ser feito com atenção para prevenir e identificar os primeiros sinais de que o intestino do peludo não está indo muito bem. As causas são muitas e, dentre as principais, estão: 

  • Má alimentação; 
  • Comer algo impróprio para o consumo;
  • Doenças congênitas; 
  • Doenças virais;
  • Doenças bacterianas;
  • Doenças inflamatórias; 
  • Alterações no intestino;
  • Reação a algum alimento.

Essas são as principais causas relacionadas aos distúrbios gastrointestinais em cães e gatos. Mas é claro que em um diagnóstico pode ser notado mais de uma causa e quanto mais complexo o quadro, mais há necessidade de entrar com um tratamento adequado que consiga resolver ou estabilizar o problema do seu doguinho ou felino.

O que causa os distúrbios gastrointestinais em cães e gatos?
Fonte/Reprodução: original.

Ao saber as principais causas dos distúrbios gastrointestinais, será mais fácil cuidar da saúde do seu pet e identificar os principais sinais para conseguir o tratamento adequado antes que o distúrbio se agrave. Para isso, confira-os abaixo:

Má alimentação

A alimentação é um ponto crucial, tanto para auxiliar no tratamento, quanto para a prevenção dos distúrbios gastrointestinais de cães e gatos. Com a nutrição adequada e uma ração de qualidade, o alimento é digerido e seus pets recebem todos os nutrientes necessários para o bom andamento do seu organismo e para seu sistema digestivo. 

E não é apenas na prevenção que a administração de uma alimentação correta é fundamental. O tratamento do seu pet também depende de que o animalzinho receba todos os nutrientes necessários, consuma uma ração de fácil digestão e que ofereça ao seu intestino os melhores benefícios para sua recuperação.

Alimentos impróprios 

Comer alimentos impróprios é uma causa e tanto para distúrbios gastrointestinais de cães e gatos. No geral, intoxicações por alimentos impróprios para consumo podem ter um tratamento mais fácil. 

Porém, pela alta variação de possibilidades, esta é uma situação de difícil diagnóstico. Por isso, tente prestar bastante atenção a tudo o que seu cãozinho ou felino come e procure não deixar material impróprio para consumo ao alcance do pet. 

Doenças

Há uma série de doenças relacionadas a distúrbios gastrointestinais em cães e gatos, seja porque essas doenças acarretam em sintomas específicos no intestino e no sistema digestório, ou pelo fato de poderem afetar esta região. Estas, sim, no caso, exigem um diagnóstico mais elaborado em conjunto com um tratamento com medicamentos específicos. As principais são:

  • Gastroenterite aguda;
  • Colite;
  • Pancreatite;
  • Parvovirose;
  • Constipação;
  • Diarréia;
  • Salmonella;
  • Isospora;
  • Giárdia.

Essas são algumas das principais doenças que causam distúrbios gastrointestinais, sejam de origem parasitária, viral ou bacteriana. As enfermidades citadas são sérias e podem acarretar mais do que um simples sinal de que o estômago e o intestino do seu animalzinho não está bem.

Para essas enfermidades, entrar com o tratamento adequado é fundamental e importante, afinal, elas podem evoluir e causar diversas complicações para o seu pet. Portanto, procurar um médico veterinário ao menor sinal delas é essencial para a saúde do seu bichinho. E, para acompanhar o tratamento e garantir a recuperação do peludo, você pode contar com os manipulados da DrogaVet

A DrogaVET é referência em tratamentos veterinários no Brasil. Não se trata apenas de um laboratório de fármacos, mas sim de uma empresa que conta com uma personalização para atender seu animalzinho. Na DrogaVET, você tem suas soluções manipuladas, tanto para fornecer todos os insumos e nutrientes necessários para o tratamento, como também para o formato, cheiro e gosto ideal para seu pet. 

São inúmeras formas de garantir que o seu animal receba o tratamento que precisa e merece, com ajustes finos e personalização para atender todas suas necessidades. Após levar seu pet para o veterinário e ter a receita em mãos, visite o site da DrogaVET para conhecer de maneira completa os serviços disponibilizados. 

Alterações intestinais e reações alérgicas

É possível que os distúrbios gastrointestinais em cães e gatos sejam causados por uma reação alérgica, seja por uma nova ração, petisco, alimentação ou mesmo para determinado produto que foi aplicado no pet. Quando o cãozinho ou felino sai da fase de amamentação para a alimentação de sólidos, também é possível que apresente algumas alterações gastrointestinais. 

Este é um caso onde é necessário cuidado e o alerta vermelho deve ser ligado, sabendo que pode-se solucionar a curto prazo, no entanto, não significa que uma visita ao médico veterinário não seja necessária. A qualquer sinal desses distúrbios, buscar orientação profissional é essencial. 

Principais sintomas dos distúrbios gastrointestinais em cães e gatos

‌Vimos as principais causas dos distúrbios gastrointestinais em cães e gatos, mas não adianta apenas entender a fonte do problema sem compreender quais os seus sinais e sintomas de manifestação. Como todo distúrbio, enfermidade e doença, esses também se manifestam de maneira clara através de sintomas e sinais clássicos.

Por se tratar de uma parte do organismo que se relaciona com tantas outras, onde vários nutrientes, elementos e aspectos podem fazer diferença, nem todo sinal e sintomas são sérios ou mostram distúrbios gastrointestinais parecidos. Portanto, veja abaixo uma lista de todos eles e em que lugar se enquadram na saúde do pet – confira:

Sintoma ou Sinal Primário ou Secundário Grau de gravidade Intestino grosso, delgado ou estômago
Regurgitação Ambos Moderado Estomacal
Vômito Ambos Moderado Estomacal
Dores abdominais Secundário Grave Intestino grosso e delgado
Diarreia Ambos Moderado Todos
Tenesmo Secundário Grave Grosso
Constipação Ambos Moderado Intestino grosso e delgado
Disfagia Secundário Grave Estomacal
Ascite Secundário Grave Todos
Perda de peso Secundário Grave Todos
Borborigmo Ambos Leve Estomacal
Flatulência Primário Leve Intestinos grosso e delgado, principalmente 
Sangue nas fezes Ambos Grave Principalmente intestinos
Muco nas fezes Ambos Moderado Principalmente intestinos

Essa é uma tabela completa de todos os sintomas e sinais relacionados aos distúrbios gastrointestinais em cães e gatos. É importante ressaltar que não é porque um sintoma não está associado a um problema grave que ele não pode significar que haja algo muito mais preocupante com seu pet. 

Ao notar qualquer um dos sintomas acima, é fundamental buscar o auxílio de um médico veterinário e com a receita do tratamento correto, pesquisar na DrogaVet para ter o medicamento perfeito em mãos e, com isso, eliminar qualquer uma das origens desses sinais e sintomas. 

Não descuide do tratamento do seu bichano e cãozinho, afinal esses distúrbios podem evoluir e causar complicações mais sérias e graves. Manter a saúde do animalzinho em dia é de responsabilidade do tutor, e somente com o tratamento correto é possível conseguir manter a vida dos pets segura. 

Como a bromoprida pode ajudar no tratamento de distúrbios gastrointestinais em cães e gatos?

Quando falamos sobre distúrbios gastrointestinais em cães e gatos, um dos assuntos que surgem é a administração da bromoprida. Esta é uma composição importante para o tratamento médico veterinário dos pets, um princípio ativo que serve para tratar diversos desses distúrbios e amenizar os sintomas. 

A bromoprida tem como principal função evitar vômitos e regurgitações ao mesmo tempo que promove o alívio intestinal. Ou seja, ela impede que o cãozinho sofra com os sintomas do vômito e também acelera o esvaziamento gástrico.

O princípio ativo também relaxa os músculos e estimula a microbiota intestinal. Com isso toda a evacuação fica mais rápida e se houver qualquer bolo fecal que dificulte o trânsito intestinal, este é corrigido. Este é um componente muito característico no tratamento de distúrbios gastrointestinais de cães e gatos e também pode ser manipulado pela DrogaVet. 

Quando ela é indicada?

‌A bromoprida é indicada quando o peludo apresenta certos distúrbios relacionados ao seu sistema digestório, principalmente regurgitações, vômitos e constipações. 

Cuidados com distúrbios gastrointestinais em cães e gatos

É preciso tomar bastante cuidado com os distúrbios gastrointestinais em cães e gatos. Claro que há muitas doenças e condições que podem pegar qualquer tutor de surpresa e mudar completamente toda a rotina, no entanto, certos cuidados podem ser aplicados e irão dificultar a ocorrência de algumas dessas doenças que podem atrapalhar a saúde do cãozinho.

Cuidados com distúrbios gastrointestinais em cães e gatos
Fonte/Reprodução: original.

Entre os principais cuidados ressalta-se a necessidade de manter sempre uma dieta adequada para o pet. A boa alimentação, onde elementos estranhos são evitados junto com comidas impróprias como frituras, embutidos, entre outros, é fator primordial para evitar essa condição. Claro, isso também implica em manter uma alimentação rica e equilibrada.

A boa alimentação também permite que os pets tenham sempre condições de combater infecções, sejam virais ou bacterianas. Exames de rotina também são fundamentais para que o seu peludo esteja preparado para lidar com muitas patologias por meio de um diagnóstico precoce, que é muito mais vantajoso para a saúde do bichano ou cãozinho. 

Por fim, também temos que alertar quanto ao que o seu cãozinho ou felino tem acesso. Tente manter produtos e coisas que os pets podem consumir e fazer mal fora de alcance. A curiosidade e o sentimento de exploração podem fazer com que eles comam algo impróprio para consumir, o que com certeza irá causar distúrbios intestinais e estomacais. 

Como é o tratamento e prevenção dos distúrbios gastrointestinais em cães e gatos?

O tratamento dos distúrbios gastrointestinais em cães e gatos é realizado sempre por um médico veterinário. A consulta a um profissional é de extrema necessidade para a saúde do seu pet, portanto, não deixe para depois ou para última hora a consulta com o veterinário, garanta sempre que seu peludo estará bem cuidado. 

Com os manipulados  DrogaVet, você tem um reforço e tanto para a saúde do doguinho ou bichano! Sempre com medicamentos feitos sob medida, onde tamanho, cheiro e até sabor são adaptados pela DrogaVET, tudo para que a composição seja administrada da melhor maneira possível para seu pet. 

E lembre-se de prevenir esses distúrbios, sempre com uma dieta rica e equilibrada para seu cãozinho e gatinho com ótimas rações no mercado. Com essas práticas, você só terá ganhos na saúde do seu pet e será um ótimo tutor para todos os seus peludos! 

Tratar e prevenir distúrbios gastrointestinais em cães e gatos é crucial para a saúde dos animais. Com a orientação certa, é possível identificar sinais precoces e aplicar tratamentos eficazes, evitando complicações sérias.”

Lista de Perguntas e Respostas

O que são distúrbios gastrointestinais em cães e gatos? São condições que afetam o sistema digestivo, causando sintomas como vômitos, diarreia, dor abdominal, e perda de apetite.

Quais são as causas comuns desses distúrbios? Incluem má alimentação, infecções por vírus ou bactérias, reações alérgicas, e ingestão de substâncias tóxicas.

Como posso prevenir distúrbios gastrointestinais em meu pet? Manter uma dieta balanceada, evitar alimentos impróprios e manter a higiene do ambiente são passos essenciais.

Quais tratamentos estão disponíveis para esses distúrbios? O tratamento pode variar de mudanças dietéticas e medicamentos para controlar sintomas a intervenções mais sérias dependendo da causa.

Quando devo levar meu pet ao veterinário? Qualquer mudança nos hábitos intestinais ou sintomas como vômito e diarreia devem ser avaliados por um profissional.

A dieta influencia na saúde gastrointestinal do pet? Sim, uma dieta adequada é crucial para a saúde digestiva e pode prevenir muitos distúrbios gastrointestinais.

Veja outros artigos nas mesmas categorias:

Deixe um comentário