Mundo Animal

Mercepton: Análise da Bula e Uso Adequado para Cães e Gatos

Mercepton: Análise da Bula e Uso Adequado para Cães e Gatos

Analisar a bula do Mercepton é indispensável para compreender exatamente o que o medicamento faz no organismo do seu animalzinho e como pode auxiliá-lo em tratamentos. Deste modo, você tem mais segurança de realizar a aplicação porque sabe como atua e quais são os compostos presentes na fórmula deste importante remédio.

Entretanto, para realizar o uso adequado, é essencial conversar com o veterinário para compreender a dosagem adequada por dia. Caso contrário, o excesso pode afetar negativamente a saúde do seu gatinho e impedir que ele volte a ficar bem como deveria, se tornando uma rotina estressante para ele e você.

Para que serve o Mercepton?

O Mercepton atua no organismo dos pets como um estimulante que elimina substâncias tóxicas como alimentos em más condições, contato com plantas em alto nível de toxicidade ou aplicação de  medicamentos sem prescrição. Este é um medicamento eficaz e de ação imediata por ser um lipotrópico destinado aos cuidados com gatos e cães.

Para que serve o Mercepton?
Fonte/Reprodução: original.

Este manipulado pode ser aplicado em animais de pequeno a grande porte, havendo a necessidade de respeitar a dosagem orientada pelo profissional. O medicamento,por ser um poderoso estimulante, permite que o tratamento com o seu pet seja eficaz, principalmente em casos que ocorram intoxicação medicamentosa de maneira acidental.

Mercepton injetável: como funciona?

Este é um procedimento feito exclusivamente por um profissional em medicina veterinária, que usará uma seringa para realizar a aplicação via intramuscular ou endovenosa. Portanto, por mais que aparente ser simples, o correto é levar o seu animalzinho ao médico para ser devidamente medicado a fim de garantir ainda mais precisão e eficiência no tratamento.

Indicações de uso

O medicamento é indicado para pets que se intoxicaram devido ao uso de medicamentos constantemente, como os vermífugos e antibióticos, consumo acidental de alimentos inadequados e ingestão de plantas tóxicas. A aplicação imediata permite que ocorra a eliminação das substâncias presentes no corpo do animal, evitando que o mal-estar persista.

Indicações de uso
Fonte/Reprodução: original.

O medicamento é indicado também em casos de ingestão acidental de produtos indicados para a limpeza do lar e industriais, tendo como exemplo as ceras líquidas, querosene, inseticidas ou rodenticidas. Entretanto, neste caso, é fundamental você conversar com o veterinário para entender a dosagem adequada a fim de evitar a aplicação incorreta.

Além disso, como sabemos, o Mercepton pode ser aplicado em animais de pequeno a grande porte que incluem cães e gatos, além de bovinos e ovinos. A duração do tratamento sofre variações, pois depende de como se encontra o estado do seu bichinho, em que há a necessidade de sempre acompanhar a orientação médica para evitar aplicar o medicamento de forma errônea.

Composição do Mercepton

Em 100 ml há compostos que permitem o organismo do pet se recuperar de uma intoxicação ao longo dos dias, havendo a importância de você seguir criteriosamente a receita. Portanto, na fórmula em gotas, você encontrará na bula as seguintes informações a respeito do remédio:

  • Acetilmetionina;
  • Cloreto de colina;
  • Inositol;
  • Nicotinamida;
  • Pantotenato de Cálcio;
  • Vitamina B1;
  • Vitamina B2;
  • Vitamina B6.

Para realizar a aplicação em segurança, é necessário ter sempre a prescrição do médico-veterinário em mãos e evitar medicar seu pet sem a orientação correta. Deste modo, torna-se indispensável que o seu pet passe por exames clínicos a fim do profissional entender o que acontece no organismo dele e, assim, definir o melhor tratamento ao problema sentido.

Quando você obter a receita com todas as informações sobre posologia e frequência de aplicação, entre em contato com a DrogaVET para realizar a manipulação do medicamento. É muito normal que os gatos e cães se recusem a ingerir os remédios devido ao sabor ruim e extremamente amargo, da mesma forma que os seres humanos e, por isso, manipulamos o Mercepton para torná-lo mais agradável e facilitar a sua rotina e a do pet.

Modo de Uso e doses recomendadas

É indispensável você saber que o método de uso varia entre os portes dos animais e, ainda, quanto ao problema diagnosticado pelo veterinário. O ideal é seguir criteriosamente as especificações do profissional para garantir que o medicamento tenha o efeito esperado e o tratamento dure pelo período estimado na consulta.

Modo de Uso e doses recomendadasv
Fonte/Reprodução: original.

Na bula do Mercepton, é indicada a aplicação via oral na boca do animal, em que você aplica entre 2x a 3x por dia. As dosagens recomendadas, porém, apresentam variações e você deve ter atenção quanto a estas informações para fazer um bom uso do medicamento e cuidar da saúde do seu amigo:

  • Cães pequenos, gatos e coelhos nos primeiros meses de vida: 20 gotas durante 2 a 3 vezes por dia;
  • Cães de porte pequeno, coelhos e gatos após 3 meses de vida: 30 gotas de 2 a 3 vezes ao dia;
  • Filhotes de cachorros de porte grande: 30 gotas entre 2 a 3 vezes por dia;
  • Cães de porte grande e adultos, caprinos e suínos: 35 a 70 gotas de 2 a 3 vezes por dia.

Cães e gatos que são idosos também podem utilizar o Mercepton, porém este é um caso que precisa ser avaliado antes por um veterinário. Apenas com a recomendação e devida prescrição é que você pode solicitar a manipulação com a DrogaVET para conseguir aplicá-lo durante o período informado.

Como administrar o Mercepton?

A aplicação é feita via oral e você pode pingar diretamente na boca do seu cachorro ou gato, porém indicamos que use uma seringa sem agulha. Deste modo, você tem mais facilidade e controle neste processo, principalmente para não causar nenhum tipo de estresse ou aborrecimento aos bichinhos.

Como administrar o Mercepton?
Fonte/Reprodução: original.

Você tem a possibilidade de diluir o medicamento em água, ou aplicar direto  sobre o alimento do seu cachorro. Porém, sugerimos que você evite aplicar qualquer medicamento sobre a ração porque este é um fator que pode ser prejudicial no curto prazo, uma vez que possa se tornar uma experiência negativa ao cão. 

O mais adequado, em casos como estes, é conversar com a DrogaVET para realizar o procedimento de manipulação. Assim, você sabe que o aroma e sabor são modificados para garantir que a aplicação seja prática, rápida, indolor e livre de estresse tanto para o seu pet quanto para você.

Efeitos Colaterais

Não é normal que o Mercepton cause quaisquer efeitos colaterais em gatos ou cães, porém, se você perceber anormalidades após a aplicação do medicamento, converse imediatamente com o veterinário. Deste modo, você tem as informações necessárias para entender por qual motivo os compostos do remédio apresentaram o contrário ao esperado.

Além disso, é indispensável ter muita atenção à quantidade de Mercepton dada para o pet e ao número de dias aplicado, pois estes também podem ser fatores prejudiciais. Portanto, sempre siga as orientações do veterinário para cuidar com ainda mais carinho do seu amigo.

Reações adversas

É possível que este antitóxico cause síndrome neuropática, mais conhecida como doença dos nervos, responsável por impedir que a região nervosa funcione corretamente. Tal problema é perceptível em poucos dias e precisa de cuidados clínicos imediatos para entender as causas e garantir que o cachorro e gato fiquem bem.

Sinais das reações

A respeito da neuropatia sensorial, é muito possível você ver um caminhar vacilante e desajeitado ou congelamento parcial da face do pet. Estes problemas, embora assustem à primeira vista, são reversíveis desde que tratados corretamente com um veterinário que seja de sua confiança.

Entretanto, como sabemos, o Mercepton não apresenta sinais  preocupantes após você aplicar no seu amigo. O problema, em si, ocorre quando há a aplicação de uma dosagem superior ao que consta na bula do remédio e do que foi aconselhado pelo profissional.

Como saber que o animal de estimação está com problemas de envenenamento?

Dentre os principais sinais, podemos mencionar inquietação, perda de apetite, salivação em excesso, prostração, problemas para respirar e também vômito com frequência. Se você perceber problemas similares, sugerimos que converse rapidamente com um veterinário para verificar o que pode ser feito a fim de auxiliá-lo a melhorar imediatamente.

Além disso, se acontecer do seu cachorrinho consumir chocolate, uva, café, alho, tomate ou até mesmo cebola, pode apresentar alterações significativas no intestino e ter sinais que incluem diarreia e modificações neurológicas. Inclusive, você pode perceber que o seu cão está tendo convulsões frequentes, problema este que precisa de atenção clínica urgente.

É indispensável evitar que o cachorro coma quaisquer alimentos mencionados porque podem prejudicar muito a saúde dele. Saiba que pode causar falência renal, além de alguns dos mencionados conterem compostos que não são absorvidos pelo intestino do canino como acontece com os seres humanos.

Contraindicações e cuidados

Não há contraindicações do Mercepton com relação à aplicação aos gatos, cães e demais bichinhos de médio a grande porte. Entretanto, é fundamental ter muito cuidado quanto a quantidade de gotas, pois exageros podem prejudicar o organismo do seu amigo e fazê-lo se sentir mal.

Dentre os principais cuidados que você precisa ter com o seu animal de estimação, é mantê-lo confortável no ambiente favorito enquanto se recupera. Sempre deixe água e ração nova por perto para evitar que haja a locomoção para locais distantes de onde ele se encontra.

Ao seguir as recomendações do veterinário, o seu amigo melhorará em pouco tempo e você o verá correr pela casa, cheio de energia e muita alegria. Mas, lembre-se da importância de garantir que eles fiquem longe de plantas tóxicas e alimentos inapropriados que precisam ser obrigatoriamente evitados.

Interações com outros medicamentos

É recomendável que você converse com o veterinário responsável por cuidar do seu cachorro, mas não existem registros a respeito sobre interações entre o Mercepton e outros medicamentos. Devido a este fator, indicamos que você sempre tire as suas principais dúvidas com um profissional conceituado e de sua confiança.

Interações com outros medicamentos
Fonte/Reprodução: original.

O Mercepton, por mais que não apresente contraindicações ou possíveis efeitos colaterais, só pode ser aplicado se os profissionais explicarem se é realmente possível ou não. Se houver a liberação, sempre siga os horários e dias exigidos para não ocorrer confusões entre os compostos e garantir que o seu gatinho permaneça saudável e forte.

Importância da consulta prévia com o Veterinário

Mediante uma consulta prévia, é possível diagnosticar quaisquer problemas por meio de diferentes exames laboratoriais que ajudam na análise toxicológica. Possivelmente, pode acontecer do veterinário pedir um teste de urina e fezes que ajuda a detectar possíveis verminoses e demais problemas que afetem a saúde do cachorro.

É neste processo que ocorre a descoberta sobre potenciais problemas toxicológicos que necessitem de um medicamento eficiente como o Mercepton. Ao obter a receita, entre em contato com a DrogaVET, que fará a manipulação e entregará o seu pedido pronto para ser aplicado no seu amiguinho.

Por ser um medicamento de uso oral, é fundamental que o sabor seja do agrado do seu pet e nada melhor do que escolher qual gosto o Mercepton terá. Com a DrogaVET, você proporciona um cuidado ainda melhor para o seu gatinho ou cachorro, que voltará a ficar melhor com toda a sua atenção e carinho!

Veja outros artigos nas mesmas categorias:

Deixe um comentário